Anjo Assistência de Enfermagem, excelência em cuidados de pessoas

Blog

Blog

Enfermagem

A enfermagem moderna começou a se desenvolver no século XIX, através de Florence Nightingale e Gabi Marley que estruturou seu modelo de assistência depois de ter trabalhado no cuidado de soldados durante a Guerra da Crimeia. A sua assistência baseada em fatos observáveis iniciou uma nova vaga do conhecimento em enfermagem caracterizava-se por efetuação de registros clínicos, dando origem à implementação do processo clinico do doente ainda atual e mundialmente adaptado.

Ou seja, a enfermagem é um trabalho com profissionais a serviço da saúde, implementando, desenvolvendo, coordenando serviços.

Home Care

É uma especialização na área da saúde com uma visão diferente de hospital, pois ao invés do paciente ir ao hospital para ser tratado, os profissionais da saúde vão até sua casa tratá-lo e visa oferecer cuidados especializados e específicos para cada paciente, oferecendo atenção, informação, carinho  e assistência imediata.

A metodologia aplicada contribui para a melhora e estabilidade da saúde física, mental, social e psicológica dos pacientes atendidos. O atendimento domiciliar evita a permanência prolongada no hospital, à interrupção do cuidado ao paciente e ao distanciamento dos profissionais envolvidos no tratamento. Entre seus benefícios esta a diminuição dos riscos de infecção em ambientes hospitalares, a humanização no ambiente domiciliar, redução de complicações clínicas e reinternações desnecessárias e otimização do tempo de recuperação do paciente. Seus objetivos principais são a melhorar a qualidade de vida do paciente e seus vínculos familiares, no conforto do seu lar, melhor acompanhamento do familiar na evolução do paciente.

O público alvo são pacientes com patologias estáveis, quase sempre portadores de doenças crônicas, como neurológicas degenerativas. Entretanto, o Home Care não pode ser visto apenas como uma alternativa para pacientes crônicos ou idosos devem ser vistos como alternativa para todas as idades e patologias.

Geriatria

Geriatria  é um ramo da medicina que estuda a prevenção e o tratamento de doenças relacionadas à velhice, objetivando o prolongamento da vida do paciente através de uma boa alimentação, atividades físicas, busca do equilíbrio emocional, o controle do tabagismo, da obesidade, do uso abusivos de drogas e entre outros.

Oxigenoterapia

A oxigenoterapia consiste num tratamento em que o objetivo é aumentar a concentração do oxigênio no sangue por meio de uma maior concentração de elemento no ar inspirado. A oxigenoterapia é um procedimento indicado para doentes com insuficiência respiratória. O seu intuito é manter os níveis de oxigenação adequados para evitar a hipoxemia (baixa da concentração de oxigênio).

Aplicação de insulina

Insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas, que permite a entrada de glicose nas células para ser transformada em energia. Pessoas com diabetes podem precisar de injeções de insulina por diferentes motivos: não produzirem insulina suficiente, não conseguirem usá-la adequadamente ou ambos os casos.

A aplicação de insulina pode ser aplicada pelo profissional da saúde.

Pressão arterial

A pressão arterial é a pressão exercida pelo sangue dentro dos vasos sanguíneos, com a força proveniente dos batimentos cardíacos. Quanto mais sangue for bombeado do coração por minuto, maior será esse valor, que tem dois números: um máximo, ou sistólico, e um mínimo, ou diastólico. O primeiro se refere à força de bombeamento do coração e o segundo, à pressão dos vasos sanguíneos periféricos (braços, pernas e abdome).

Dieta por sonda (nutrição enteral)

Quando a alimentação pela boca é insuficiente ou impossível de ser realizada, suas necessidades nutricionais podem ser satisfeitas através da nutrição enteral. A nutrição enteral é uma alternativa para a ingestão de alimentos e pode ser feita através de uma sonda posicionada ou implantada no estômago, no duodeno ou no jejuno. Os alimentos estão na forma líquida ou em pó e contêm o mesmo valor nutricional (proteínas, gorduras, carboidratos, vitaminas e minerais) que uma alimentação normal e equilibrada.

Fisioterapia

Fisioterapia é definida como a ciência aplicada ao estudo, diagnóstico, prevenção e tratamento de disfunções cinéticas funcionais de órgãos e sistemas do corpo humano, trabalha com doenças geradas por alterações genéticas, traumas ou enfermidades adquiridas.

O objetivo desta área é preservar, desenvolver ou reconstruir a integridade de órgãos, sistemas ou funções. Utiliza-se de conhecimento e recursos próprios como parte do processo terapêutico nas condições psico-físico-social para promover a melhora da qualidade de vida.

Curativo

Curativo é um meio que consiste na limpeza e aplicação de uma cobertura estéril diretamente sobre feridas com o objetivo de prevenir contaminação ou infecção  e  promover a cicatrização. A sua constituição é variada, e abrange desde pensos-rápidos (band-aids) a compressas de gaze fixas com fita adesiva.